C O N S U L T A S   C O M P L E T A S

      Um dos métodos mais precisos de se obter informações sobre o passado, presente e futuro é através dos Oráculos, cuja sabedoria milenar fascina a humanidade cada vez mais. O simbolismo, conhecimentos e as mensagens contidas nas cartas do Tarot, nas pedras das Runas e nos hexagramas do I-Ching, entre outros Oráculos, constituem-se de arquétipos do inconsciente coletivo, definidos por Carl Gustav Jung, um dos mestres da Psicologia moderna.

      A disposição dos símbolos, sorteados numa ordem lógica, é regida pela Lei de Sincronicidade, segundo a qual tudo que ocorre no Universo tem uma explicação ou razão de ser e nada ocorre por acaso. Isto significa que, seja qual for o meio utilizado para embaralhar as cartas ou lançar as pedras, moedas, varetas etc., a leitura da seqüência apresentada obrigatoriamente será coerente e precisa para se obter prognósticos, previsões e análises, conforme a tradição milenar. No caso da consulta presencial, é lógico que o resultado fica dependendo apenas de mais, menos ou nenhum conhecimento por parte do analista.

      Já a Teoria da Relatividade, de Albert Einstein, demonstrou o caráter ilusório representado pelo espaço e tempo, cuja noção só existe no nível de nossa consciência, ambos não existindo, de fato, matematicamente, perante a Física moderna. Se o tempo e o espaço são ilusões de nossa consciência, isso significa que pessoas em estado alterado de consciência (ou dotadas de faculdades paranormais) conseguem canalizar, através de seu inconsciente, informações a respeito de qualquer tempo, seja para frente ou para trás. Nos planos superiores de nossa mente, não há, conforme Jung novamente, qualquer barreira temporal. A sabedoria milenar e ancestral contida nos Oráculos são como chaves que abrem as portas para os mistérios do passado, presente e futuro.

      Os Oráculos podem ser usados para consulta pessoal ou para uma outra pessoa, tudo depende da pergunta feita no momento do embaralhamento e escolha. O resultado das respostas depende fundamentalmente de sua INTERAÇÃO COM O ORÁCULO, de sua concentração, seu estado de espírito, sua mentalização no momento do embaralhamento e escolha. Recomenda-se fechar os olhos, respirar pelo menos três vezes profundamente e formular uma pergunta clara ou assunto específico, que possa ter uma resposta lógica ou orientação prática.


   >>> ADVERTÊNCIAS: <<<  

      Não se recomenda consultar Oráculos apenas por curiosidade e mais que isso, por brincadeira, se esse for seu interesse recomendamos que busque coisas mais divertidas disponíveis na internet: COM ORÁCULO NÃO SE BRINCA! Outro detalhe importante é o que manda a tradição: AO ORÁCULO NÃO SE PERGUNTA DUAS VEZES A MESMA COISA. O mesmo vale para perguntar a mesma coisa a Oráculos diferentes: a primeira resposta é a definitiva e esclarece, a segunda confunde! Mesmo que tudo não fique bem claro na hora, poderá guardar o resultado em arquivo ou imprimir, para acompanhar até o desfecho da situação ou assunto perguntado.